José Manuel Sobral licenciou-se em História e doutorou-se em Antropologia. Foi assistente de investigação do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa e Assistente de História da Faculdade de Letras de Lisboa. É Investigador Principal do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Entre as suas publicações mais recentes encontram-se os seguintes livros de que é coeditor e autor: com Jorge Vala, Identidade Nacional, Inclusão e Exclusão Social (Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais, 2010); com Nuno Domingos e Harry G. West (Eds.), Food between the Country and the City: Ethnographies of a Changing Global Foodscape, London e New York, Bloomsbury, 2014); com Manuel Carlos Silva, Etnicidade, Nacionalismo e Racismo: Migrações, Minorias Étnicas e Contextos Escolares (Porto, Afrontamento, 2015). Publicou igualmente o livro Portugal, Portugueses: Uma Identidade Nacional (Lisboa, Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2012), e os artigos “O ‘Fiel Amigo’: o bacalhau e a identidade portuguesa”, Etnográfica, 2013, 17 (3), 631-661 (em coautoria com Patrícia Rodrigues) e “The high and the low in the making of a Portuguese national cuisine (19th-20th centuries) “, in Anne Murcott e Jakob Klein (eds.), Food Consumption in Global Perspective: Essays in the Anthropology of Food in Honour of Jack Goody, Basingstoke: Palgrave Macmillan, 108-134.

Foi presidente da APA (Associação Portuguesa de Antropologia) e é Diretor da revista Análise Social.

Apresentação no CNIT

A alimentação como património e o revivalismo da cozinha regional em Portugal“.

A alimentação e a cozinha são hoje encaradas como uma dimensão fundamental da herança cultural das nossas sociedades. Nesta apresentação, procura-se identificar processos e actores envolvidos, bem como os motivos subjacentes a este interesse pela comida. Será dada uma importância crucial ao caso português, que será abordado numa perspectiva comparada à escala global. Também se fará menção à relevância destas temáticas para o turismo.